Casa Verde e Amarela

Como fazer adesão ao programa Casa Verde e Amarela

O Casa Verde e Amarela chegou para auxiliar famílias brasileiras que moram de aluguel e buscam por melhores condições para ter a casa própria. Ele foi anunciado como o substituto do Minha Casa Minha Vida no ano passado, mas começou a vigorar somente em janeiro desse ano.

Publicidade

Com o novo programa, muitos ficam confusos sem saber como as coisas vão funcionar e como fazer a adesão ao programa. Mas é para isso que estamos aqui, para te explicar em detalhes como o novo programa vai funcionar, tirar todas as suas dúvidas e te mostrar como fazer a adesão ao programa Casa Verde e Amarela e garantir a casa própria.

Casa Verde e Amarela

O Casa Verde e Amarela é o novo programa habitacional do governo federal brasileiro que surgiu para substituir o Minha Casa Minha Vida. Ambos os programas possuem o objetivo de ajudar famílias brasileiras a realizarem o sonho da casa própria, mas o atual governo identificou muitas falhas no programa antigo que serão amenizadas com o novo programa.

Publicidade

Com o seu lançamento no ano passado, o governo já anunciou algumas informações sobre o novo programa, inclusive a sua meta de atender 1,6 milhão de famílias de baixa renda até o ano de 2024. O governo conseguirá atender essa demanda principalmente por causa da redução na taxa de juros do FGTS para a menor já vista.

O novo programa vem com muitas novidades e destaques, como juros menores para as regiões do Norte e Nordeste do país, novos grupos de renda, possibilidade de financiar imóveis usados, melhorias habitacionais e muito mais.

Para quem é o Casa Verde e Amarela

O Casa Verde e Amarela é um programa para todos os brasileiros. Diferente do Minha Casa Minha Vida, ele irá atender mais demandas que vão além do financiamento habitacional. Apesar da renda máxima para participar ser menor nesse novo programa, há novas iniciativas que vão permitir que um número maior de famílias seja beneficiadas.

Portanto, o Casa Verde e Amarela é para todas as famílias brasileiras que se encaixarem nos requisitos e se interessarem em uma das iniciativas propostas pelo programa. O financiamento habitacional é para as famílias de baixa renda que moram de aluguel, mas quem já tem a casa própria agora também poderá ser beneficiado pelo programa.

Isso porque, uma das novas iniciativas, é a melhoria habitacional, voltada para quem já tem a casa própria, mas deseja aumenta-la ou reforma-la. Há também agora a vertente de regularização fundiária, para quem já tem o imóvel próprio, mas sem a documentação que lhe garante a propriedade sobre o mesmo.

Sendo assim, o programa agora não atende somente as famílias sem uma casa própria, mas sim qualquer brasileiro que se encaixe em uma das situações que o programa se propõe a resolver.

Grupos de renda e requisitos do Casa Verde e Amarela

O novo programa habitacional trouxe também novos grupos de renda e manteve os requisitos exigidos no programa anterior. Entretanto, você deve conferir se ainda se encaixa em um dos grupos de renda novos que foram estabelecidos.

Agora, o grupo 1, pode ter uma renda de até R$2 mil ou de até R$2,6 mil no caso do Norte e Nordeste. Antes, a renda máxima para esse grupo era de R$1,8 mil. Logo depois vem o grupo 2, com uma renda máxima de até R$4 mil, e o grupo 3 com uma renda máxima de até R$7 mil. Com o antigo programa, eram permitidas famílias com renda mensal de até R$9 mil.

Além de se encaixar em um dos novos grupos de renda, a sua família deve atender alguns requisitos como não ter nenhum imóvel registrado em seu nome. Caso a família já tenha a casa própria e queira participar da iniciativa de melhoria habitacional, por exemplo, há outros requisitos.

Tenha a casa própria com o Casa Verde e Amarela

O financiamento habitacional continua sendo o grande destaque do Casa Verde e Amarela e agora ele permite que a família escolha tanto um imóvel novo quanto usado para chamar de seu, desde que possua a devida documentação.

As famílias vão poder financiar diretamente pela Caixa Econômica Federal, mas aquelas que se enquadram no grupo 1 de renda, vão continuar participando dos sorteios realizados pelos municípios para escolher as famílias contempladas. Agora todos os grupos de renda vão arcar com juros, mas eles estão menores do que nunca e quem mora no Norte ou Nordeste poderá contar com ainda mais descontos.

Muito em breve os municípios vão começar os sorteios para a escolha das famílias contempladas. Por isso, se você está interessado, fique de olho nas notícias no site da prefeitura de sua cidade.

Melhorias habitacionais no Casa Verde e Amarela

A meta do governo federal para as melhorias habitacionais é que cerca de 400 mil casas sejam reformadas através dessa iniciativa, até 2024. A moradia habitacional será voltada para famílias com renda mensal de até R$2 mil que já possuam um imóvel. A seleção das famílias será feita pelo poder público.

Através dessa iniciativa, algumas famílias vão poder ampliar algum quarto, construir um novo banheiro, construir um telhado e fazer diversos tipos de reformas na moradia. O objetivo do governo é ajudar as famílias a ter uma melhor condição de vida e muito mais conforto.

Como aderir ao novo Casa Verde e Amarela

A adesão ao novo programa Casa Verde e Amarela se dará da mesma forma que o Minha Casa Minha Vida. As famílias do grupo 1 serão selecionadas pelos municípios, seja pela prefeitura ou pelo órgão responsável pela habitação na região. As demais famílias vão poder contratar o financiamento pela Caixa.

Se tratando das melhorias habitacionais, o poder público fará a seleção e mais detalhes deverão ser revelados em breve. Para as famílias que desejam a regularização fundiária, o governo fará essa identificação de quais residem em imóveis sem a devida documentação, com a ajuda da prefeitura.

Em breve mais novidades serão anunciadas e o Casa Verde e Amarela começará a atuar pra valer.

Escreva um Comentário